Não raras vezes, leio algum comentário ou recebo algum e-mail no qual a pessoa me fala assim: “o amei demais e me ferrei. Fiz tudo o que eu podia para o fazer feliz, mas isso não foi o suficiente, porque ele terminou comigo e não quer mais saber de mim. Onde foi que eu errei?”

Bom, talvez o seu erro tenha sido amar o seu ex mais do que a si mesmo. Você tentou tanto agradá-lo, se anulou tanto, que acabou se tornando outra pessoa: carente, de alta demanda, que vive em dependência afetiva.

Na minha experiência enquanto coach de reconquista amorosa, a maioria dos casos “amei demais e me ferrei” decorrem de relacionamentos marcados pela dependência afetiva.

O vocábulo “dependência” significa estado ou qualidade de dependente, que não consegue se manter sozinho.

Na dependência afetiva, o dependente fica apavorado com a possibilidade de perder a pessoa amada, pois necessita dela para se sentir amado e seguro. Acha que não pode viver sem a pessoa, não tem amor próprio ou autoconfiança e não se valoriza. Vive em função da vida da outra pessoa e não vive a própria vida.

E, assim, começam os problemas, porque o dependente vai exigir mais atenção do que a outra pessoa pode dar, vai começar a fazer cobranças e a vigiar todos os passos dela. Ou seja, sai da posição de parceiro amoroso, para agir como pais de um adolescente meio rebelde. Com isso, é impossível não gerar na pessoa gatilhos de repulsão.

Como saber se você está em dependência afetiva?

Quando eu falo sobre este assunto com meus clientes do Coaching Personalizado, alguns dizem não saber se o problema dele é esse.

Então, se você não sabe se estava em dependência afetiva e sufocando o seu ex, antes de fazer qualquer coisa – antes de fazer Contato Zero ou Afastamento, de enviar a carta manuscrita –, pare para analisar com calma o fim do seu relacionamento.

Pegue papel e caneta e responda as seguintes perguntas:

  • Por que o relacionamento acabou?
  • Quais foram os motivos dado pelo seu ex quando ele terminou com você?
  • Qual a sua parcela de culpa pelo término?
  • O que você deve fazer para corrigir os seus erros?

Ao escrever essas perguntas e respostas em um papel, fica mais fácil visualizar todos os problemas e encontrar as respectivas soluções.

Posso te ajudar com isso? É claro que sim. O objetivo do Reconquiste o Amor é te ajudar a enxergar os seus erros e corrigi-los. Além disso, te auxiliar no seu desenvolvimento pessoal, a fim de que você possa evoluir enquanto pessoa e se tornar a sua melhor versão.

Essa melhor versão, cheia de autoconfiança, amor próprio e felicidade, com certeza irá atrair o seu ex de volta. Portanto, foque em seu desenvolvimento pessoal e invista na sua felicidade.

Como evitar o “amei demais e me ferrei”?

O que é necessário fazer para que um dia você não diga “amei demais e me ferrei”?

O amor causa muitas emoções: felicidade, ciúmes, medo de perder a pessoa amada, entre outros. Portanto, é necessário que você tenha inteligência emocional, a fim de encontrar equilíbrio entre esses sentimentos e não deixar se dominar por nenhum deles. Até o amor, se demasiado, pode se tornar um veneno.

Um veneno? Sim. Aquele amor que sufoca, que faz cobranças, que morre de ciúmes e não confia, é um amor venenoso, que pode matar o relacionamento.

Não cometa o erro de se deixar dominar por este amor excessivo e de não ter uma vida independente da de quem você ama, porque ao agir assim, você vai criar expectativas e se frustrar quando esta pessoa não puder ou não quiser atendê-las.

Tem um cliente meu que confessou pensar em suicídio, por achar que a ex nunca o aceitará de volta. Isso é muito triste e muito grave. Para ser verdadeiramente feliz, você deve ser o bastante para si mesmo. E mais: a sua felicidade deve ser de responsabilidade sua, não do outro. Você tem que ter motivos para viver e ser feliz, estando em um relacionamento ou não.

Você ama o seu ex e quer reconquistá-lo? Ótimo. Mas antes disso, você precisa aprender a se amar e a controlar a suas emoções. É necessário, ainda, compreender que um relacionamento saudável é baseado no respeito, na cumplicidade e no diálogo.

A pessoa que você ama disse que você a está sufocando? Respeite o espaço e os desejos dela. Você agiu assim por se sentir inseguro? Fale com ela sobre isso. Construa cumplicidade entre vocês ao ponto de ambos se sentirem à vontade para expressar seus medos e dúvidas, para resolver os problemas através do diálogo.

Amei demais e me ferrei, pois quem amei não sabia ser amado

Às vezes, o problema nem é você. Você tem inteligência emocional e sabe equilibrar os seus sentimentos. Consegue demonstrar o seu amor, ainda demonstrando que tem autoestima, autoconfiança e que se valoriza. Respeita o espaço do outro e promove o diálogo. O problema, na verdade, está no outro, que não se deixa ser amado.

Uma cliente minha está passando por isso. Ela é linda, forte, bem-sucedida e feliz. Mas ela ama um homem que, por traumas do passado e bloqueios emocionais, tem medo de ser amado e não se deixa envolver. Pensa que o amor só traz sofrimento, dor, cobranças.

Neste caso, é possível reconquistar? Sim, desde que essa pessoa entenda que ela tem problemas, traumas, que precisam ser tratados – talvez até com a ajuda de profissionais.

E tenha bastante cuidado, se você está passando por isso – amar alguém que não sabe ser amado –, porque as chances de essa pessoa te fazer sofrer e te traumatizar com os traumas dela são muito grandes. Portanto, cuide do seu coração e se coloque em primeiro lugar.

Pacote da Reconquista

Conte conosco!

Atualmente, somos uma comunidade com mais de 238 mil seguidores espalhados pelo mundo. Já auxiliamos milhares de pessoas a recuperarem o amor próprio e a reconquistarem os seus ex. Você pode ser o/a próximo (a), pois temos uma alta taxa de sucesso, basta ler os depoimentos e comentários que nossos seguidores deixam nos vídeos.

Inscreva-se em nosso canal no YouTube. Lá, diariamente, postamos vídeos com dicas valiosas para reconquista amorosa, bem como sobre desenvolvimento pessoal. Há, ainda, dicas para depois da reconquista, para te ajudar a manter e cuidar bem do seu relacionamento.

Se você precisa conversar e quer contar a sua história, nossa equipe altamente capacitada está à disposição para te ajudar a desenvolver estratégias para alavancar o seu desenvolvimento pessoal e te ajudar a retomar as rédeas da sua vida amorosa. Conte conosco através do Coaching Personalizado. Vai ser um prazer fazer parte da sua reconquista!

Nos vemos no próximo post! Um beijão.