Como RECONQUISTAR após BRIGAS?

brigas em um relacionamento, como reconquistar após brigas

O assunto desse artigo é delicado e um desafio para muitos. Se reconquistar já é difícil, reconquistar após brigas é ainda mais complicado, mas não é impossível, e é o que vamos aprender hoje.

Primeiro temos que entender que cada casal tem suas peculiaridades, alguns são mais inseguros e ciumentos. E já entendemos que o ciúmes é causado pela insegurança que, por sua vez, é causada por outros problemas. Todos esses problemas levam as brigas, que por fim, levam ao término.

Então essas duas pessoas que estão em um relacionamento, já tiveram experiências boas e ruins em namoros anteriores, acabam entrando em conflito. Um dos motivos é que as pessoas não aprendem mais a se relacionar, na escola aprendemos a respeitar os coleguinhas e dividir os brinquedos até que chega o momento em que precisamos nos virar sozinhos e a competitividade da vida adulta nos obriga a ser o melhor.

Porém, dentro de um relacionamento essa competitividade é nociva para os dois. Por isso, quando vocês terminam após tanto conflito, você ainda tem que lidar com o sentimento de perda. Talvez vocês nem queriam mais ficar juntos mas por causa da rejeição, você quer essa pessoa de volta. É só orgulho ferido.

Para reconquistar após as brigas, primeiro entenda as causas e a origem delas. Seu parceiro dá sinais, a relação tem suas oscilações, um de vocês pode estar mais estressado, intolerante ou insatisfeito. Em seguida, entenda que vocês tem suas bagagens emocionais e que você precisa resolver suas inseguranças e medos.

Sem entender e resolver os problemas, você acaba entrando em um relacionamento ioiô, vai e volta mas não melhora.

“Mas Dyuly, como eu resolvo o problema?”

É hora de colocar no papel os prós e contras dessa relação, e o que fazer para ter o tipo de relação que você quer. Atenção: não saber que tipo de relação você quer já é um erro. Você namoraria o tipo de pessoa que você é? Descubra quem você quer ser.

Em seguida, tenha paciência para construir a relação que você quer. Hoje em dia, as pessoas querem tudo para ontem, quer ser feliz no relacionamento hoje mas não respeita o tempo do outro, não sabe concertar os erros que comete mas quer reconquistar de qualquer jeito. Seu relacionamento está fadado ao fracasso.

Um comentário muito comum que vejo nas redes do Reconquiste o Amor, é aquele tipo: “Reconquistar pra quê? Que venha o próximo”. Então você quer ser feliz em um novo relacionamento, cometendo os mesmo erros? Vai viver trocando de relacionamento como quem troca de roupa?

Para reconquistar após brigas: Mudanças reais

“Mas Dyuly, eu já fiz de tudo pra reconquistar”. O que é, exatamente, esse tudo que você está fazendo? É o tudo que no primeiro momento que seu ex te fala um ‘não’ você já explode? Não adianta você falar que ser sua melhor versão e fingir para seu/sua ex que você tá bem, que está fazendo coisas novas enquanto fica conferindo se ele viu o que você postou. Nesse caso, a sua reconquista não vai ser duradora, dura no máximo três meses e acaba.

Portanto, se teve atrito entre vocês, se afaste. Essa pessoa não vai te esquecer agora, o afastamento é necessário para colocar as ideias no lugar. Um exercício que recomendo fazer nessas horas é escrever o que você está pensando, escrevendo você busca uma ordem cronológica e entende melhor o que está acontecendo. A partir daí, você compreende melhor a razão das brigas.

Tendo compreendido a razão das brigas, já é mais fácil resolver essas causas, é hora de buscar a solução. Ressignifique, busque terapia, se necessário e tenha paciência para construir uma nova relação sem as bagagens do passado atrapalhando a sua reconquista após brigas.

Até o próximo post.

Dyuly Cardoso

Coach Especialista em Reconquista Amorosa e Desenvolvimento Pessoal

 

Seja VIP

Junte-se a mais de 418.219 pessoas.

Mais conteúdo

Na imagem: Mulher branca de cabelo curto e loiro e blusa branca usando correntes se encara no espelho. Técnica do Espelho.
Artigos

Técnica do Espelho: Como e quando usar?

Se você nos segue há algum tempo você já ouviu falar dessa técnica, essa técnica é baseada em exercício de neurociência. Serve para entender o

Gostou do conteúdo? Compartilhe com alguém

Compartilhe com facebook
Compartilhe com whatsapp
Compartilhe com telegram
Compartilhe com pinterest