Como reconquistar depois de um ano separados?

Como reconquistar depois de um ano separados? Na imagem, uma mão segura uma ampulheta.

De vez em quando alguém cujo relacionamento terminou há um ano – às vezes, há mais de um ano – me pergunta: é possível reconquistar depois de um ano separados? Esse questionamento é válido, já que um ano é um período relativamente longo, no qual pode acontecer muitas coisas, por exemplo, um dos dois (ou ambos) iniciar um novo relacionamento.

Mas será que mesmo depois de todo esse tempo é possível obter sucesso na reconquista? Depende do caso. E para descobrir se no seu caso existe a possibilidade, é necessário que reflita acerca de três coisas muito importantes, sobre as quais falarei a seguir.

No entanto, antes de tudo, quero que você responda a seguinte pergunta: por que só agora, depois de todo esse tempo, você decidiu reconquistar? Avalie isso antes de pensar em iniciar um processo de reconquista.

Se é porque você o ama, mas precisou desse tempo para se reconstruir e colocar a sua vida e a sua mente em ordem, para cuidar de si e investir em seu desenvolvimento pessoal, então agora você só tem que descobrir se é possível reconquistar.

https://youtu.be/uU2w1mvRHLA

Descubra se é possível reconquistar depois de um ano separados

Para descobrir se é possível reconquistar depois de um ano separados, primeiro analise como está a sua vida e a vida do seu ex agora. Ele seguiu em frente e construiu uma família com outra pessoa, com a qual ele está plenamente feliz? Então essa reconquista não é possível, obviamente.

Se ele não seguiu em frente nem você, a segunda análise a se fazer é: essa reconquista vale a pena?

Você deve refletir sobre isso, para saber se o motivo pelo qual você deseja reconquistar. É porque você realmente ama o seu ex e quer construir um futuro com ele? É porque ele é um alguém por quem vale a pena lutar? Se você concluir que só quer reconquistá-lo porque você está na “fossa” e quer voltar para algo familiar, que não vai exigir que você saia da sua zona de conforto, então essa reconquista não é uma que valha a pena.

Por fim, a terceira análise diz respeito à existência (ou não) de sentimentos entre vocês. Existindo sentimentos, ainda que haja mágoas e problemas a serem resolvidos, a reconquista é possível.

Para reconquistar depois de um ano separados, trace uma estratégia

Se a partir da resposta daquela pergunta inicial e da avaliação dos três itens acima citados, você descobriu que nenhum de vocês dois seguiu em frente e que ainda há sentimentos entre vocês. Agora você pode começar a traçar uma estratégia de reconquista.

Então, é possível reconquistar depois de um ano separados? Sim, é possível – tudo nessa vida é possível. Já vi histórias de casais que passaram cinco anos separados e voltaram. Assim como já vi gente que passou cinco meses tentando reconquistar, mas tentou de um jeito tão errado que extinguiu todas as probabilidades de alcançar esse objetivo.

É por isso que é tão importante fazer uma análise real sobre a possibilidade de reconquista. Se o seu ex ainda estiver com muita raiva de você mesmo depois de tanto tempo separados, infelizmente, as chances de ter êxito na reconquista é muito pequena.

Isso porque, após um ano as mágoas já foram esquecidas, de modo que o coração já está mais leve, mais receptivo para ver o quanto você mudou e amadureceu durante esse tempo. É por isso que eu acredito que sim, é possível reconquistar depois de um ano separados.

Desistir ou insistir na reconquista?

Mas o que fazer se quando você começar o processo de reconquista o seu ex te disser que já te superou, que não tem mais jeito? Você deve desistir? Depende. Avalie novamente aquela primeira análise sobre a qual eu falei: como está a vida do seu ex atualmente?

É a partir dessa análise que você compreenderá se ele realmente seguiu em frente e não te ama mais ou se ele está apenas em negação. Por que ele estaria em negação? Porque não viu nenhuma evolução em você, porque você continua a mesma pessoa que era no fim do relacionamento de vocês. E o pior de tudo: passou um ano na farra, mas que agora que cansou de ficar solteira o quer de volta.

Mas se você realmente trabalhou na sua evolução pessoal durante esse ano que vocês ficaram separados, a fim de se tornar a sua melhor versão, bem como encheu a sua vida de novidade, se tornou mais interessante e admirável, e percebeu que o seu ex ainda nutre um carinho por você, então não desista na primeira negativa.

Aproveite este carinho que ele ainda sente para se aproximar, com o objetivo de criar cumplicidade e diálogo entre vocês. A partir disso, é mais fácil mostrar que você é a melhor opção, assim, a reconquista será mais facilmente alcançada.

Lembre-se de que você é capaz e que você merece ser feliz. Portanto, lute para conquistar essa felicidade.

Conte conosco

Se o seu objetivo é reconquistar o seu ex, nós do Reconquiste o Amor estamos a sua disposição. Com nossos métodos eficazes aliados à nossa equipe altamente qualificada, já ajudamos milhares de pessoas em todo o mundo a reconquistarem o amor próprio e o amor de seus ex.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube. Junte-se aos mais de 228 mil inscritos, os quais acompanham as novidades postadas diariamente, sobre desenvolvimento pessoal e reconquista amorosa.

E para você que necessita de um atendimento individual, há nosso Coaching Personalizado, no qual alguém de nossa equipe estará ao seu lado em cada etapa da reconquista, para que ela seja um sucesso.

Nos vemos no próximo artigo, um grande abraço.

Dyuly Cardoso 

Coach Especialista em Reconquista Amorosa e Desenvolvimento Pessoal

Seja VIP

Junte-se a mais de 418.219 pessoas.

Mais conteúdo

Na imagem: Mulher branca de cabelo curto e loiro e blusa branca usando correntes se encara no espelho. Técnica do Espelho.
Artigos

Técnica do Espelho: Como e quando usar?

Se você nos segue há algum tempo você já ouviu falar dessa técnica, essa técnica é baseada em exercício de neurociência. Serve para entender o

Gostou do conteúdo? Compartilhe com alguém

Compartilhe com facebook
Compartilhe com whatsapp
Compartilhe com telegram
Compartilhe com pinterest