Escolha uma Página

Não raras vezes, acontece um caso curioso: seu ex dizia que te amava, mas te deixou. Infelizmente isso acontece muito.

Esta situação bastante dolorosa, porque o normal seria continuarem juntos, já que vocês ainda se amam, mas percebem que o amor não é o suficiente para manter duas pessoas juntas.

Ademais, causa uma certa surpresa, pois ninguém espera – inclusive você – que duas pessoas que se amam tanto não fiquem juntas, como já dizia aquela música “ninguém pode acreditar na gente separados, eu tenho mil amigos, mas você foi o meu melhor namorado…”

Eu sei que não é fácil entender como isso pode acontecer, mas estou aqui para falar sobre quatros motivos em especial que podem ter causado essa ruptura, a fim de que você possa evitá-los no futuro.

Dizia que te amava, mas faltava objetivos comuns

Quando você inicia um relacionamento você e a pessoa amada estão cheias de objetivos comuns, afinal, planejam um futuro juntos e o futuro, obviamente, requer planejamento, metas e objetivos.

Além disso, no início da relação tudo é muito lindo, o mundo é cor-de-rosa com purpurina e povoado por fadas e unicórnios, você quer agradar, quer fazer todas as vontades do outro, porque você quer fazer o outro feliz, quer que tudo dê certo.

Mas com a rotina, na correria do dia a dia, vocês começam a priorizar os seus objetivos individuais, suas carreiras e seus desejos. Não havendo mais objetivos em comum, cada um vai para um lado e, consequentemente, o relacionamento acaba.

É meio difícil um relacionamento dar certo se os objetivos das pessoas que compõe o casal são muito diferentes.

Suponhamos, por exemplo, que um de vocês quer construir uma carreira em outro país, mas o outro se recusa a sair do lugar onde mora. Ou se um quer uma casa cheia de filhos, enquanto o outro não gosta de crianças e não quer tê-las.

Infelizmente, dessa forma, não vai dar certo por muito tempo: vocês vão se afastar, a relação esfriar até chegar ao fim.

Te deixou, porque não havia comunicação

A comunicação é imprescindível em qualquer relacionamento, quando ela não existe, é muito provável que o relacionamento também deixe de existir.

O que acontece é que muitas vezes o casal se deixa levar pela rotina: trabalha o dia todo, chega em casa e dá no outro um beijinho sem graça, sem paixão, e vai assistir televisão enquanto mexe no celular, come alguma coisa e vai dormir, e conversar, que é bom, nada.

Vocês não falam mais um para o outro o que aconteceu durante o dia de vocês, não compartilham mais os sonhos e objetivos que têm, não incentivam um ao outro… enfim, não existe mais qualquer diálogo agradável entre vocês.

Invariavelmente, este relacionamento vai acabar, pois o amor não sobrevive a falta de comunicação, porque vocês simplesmente se tornam dois estranhos que dividem uma casa.

Dizia que te amava, mas faltou cumplicidade

Quando há cumplicidade, não falta objetivos comuns nem comunicação.

Em um relacionamento amoroso, a cumplicidade é sinônimo de harmonia, companheirismo, confiança e apoio mútuos.

Desse modo, quando há cumplicidade na relação, há uma conexão emocional tão grande, o casal está tão sintonizado, que um sabe o que o outro quer ou está pensando só de olhar.

A cumplicidade garante aquela conversa gostosa, cheia de risadas. Te faz saber que você não está sozinho, porque quem você ama, te ama e estará ao lado para o que der e vier. É uma prova de que há reciprocidade de sentimentos, que vocês compartilham muito mais do que uma casa: compartilham a vida.

No momento em que o casal perde essa cumplicidade, eles começam a se afastar e isso é notório em coisas pequenas. Por exemplo: um vai tomar banho e tranca a porta, não tem mais aquela coisa de casal de arrancar a roupa um do outro, namorar no chuveiro e deixar rolar coisas boas espontaneamente.

Não há relacionamento que se sustente sem cumplicidade. Se falta cumplicidade, falta a “cola” que une o casal.

Pacote da Reconquista

Dizia que te amava, mas acabou o respeito

Segundo o dicionário, “respeito” é o sentimento que leva alguém a tratar as outras pessoas com grande atenção e profunda deferência, consideração ou reverência.

Dada essa definição, eu te pergunto: do que adianta amar uma pessoa, se você não a respeita? Se você não respeita os sentimentos e desejos dela?

Nada. Não adianta nada, porque não há amor sem respeito.

O respeito é necessário para que se aceite as opiniões, desejos e diferenças do outro.

Ademais, quero te alertar para o fato de que a primeira pessoa que você tem que respeitar é a si mesmo, para não se submeter a situações degradantes, não aceitar ser tratado de qualquer jeito. Dessa forma, você vai saber exatamente como respeitar o outro, como tratá-lo, como cuidar dele.

Há uma frase de Charles Chaplin que aduz brilhantemente o que estou querendo dizer: “Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo. Hoje sei que o nome disso é respeito.”

Não deixe acontecer com você

Embora existam outros motivos, ao longo deste artigo falei de quatro principais problemas que podem prejudicar um relacionamento ao ponto de ruptura, com o objetivo de te ajudar a encontrar uma explicação para o fim de um relacionamento que acabou, embora ainda existisse amor.

Além disso, é um alerta, para que você não deixe que esses problemas se infiltrem outra vez e destruam seu novo relacionamento, seja com seu ex, na reconquista, ou até com outra pessoa.

Lembre-se: sem objetivos comuns, sem comunicação, sem cumplicidade e sem respeito, não há amor, filhos, sexo ou boa condição financeira que salve o relacionamento.

Portanto, cuide do seu relacionamento, não o deixe cair na rotina, compartilhe novidades com seu parceiro e se esforce para ser feliz e fazê-lo feliz. Fique atento e não deixe que a comodidade e a indiferença destruam o seu amor e a sua felicidade.

Recupere seu ex clique aqui

Conte conosco

Eu e minha equipe estamos aqui para te ajudar na reconquista. Com nossos métodos altamente eficazes, já ajudamos milhares de pessoas em todo o mundo, como você pode comprovar ao ler os comentários deixados por elas em nossas publicações.

Junte-se aos mais de 173 mil inscritos em nosso canal no YouTube, e assista diariamente os vídeos postados sobre desenvolvimento pessoal e reconquista.

E se você precisa de atendimento individual, conte com o Coaching Personalizado, no qual alguém de minha equipe altamente capacitada está à disposição para te ajudar a desenvolver estratégias para alavancar o seu desenvolvimento pessoal e te ajudar a retomar as rédeas da sua vida amorosa.

Um abraço, nos vemos no próximo post!

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe

Compartilhe esse artigo com seus amigos