Escolha uma Página

Domine o MEDO NA RECONQUISTA. Estamos vindo de uma série de gatilhos mentais. Aqui nesse artigo já deixei pra vocês um pouco sobre alguns dos outros gatilhos que ajudam (ou atrapalham) a sua reconquista. Então se você não conhece o que são os gatilhos mentais, dá uma olhadinha aqui. Nesse post falo sobre a escassez, prova social, antecipação, empatia e simpatia…

Um dos maiores vilões é o medo na reconquista. É muito comum sentir medo, em diferentes momentos da vida, principalmente na sua reconquista. O medo que eu mais encontro dentro dos processos do Coaching Personalizado é o medo do afastamento. Medo de fazer o temido CONTATO ZERO. (Aqui nesse artigo explico mais sobre isso também).

Medo que o seu ex ou a sua ex te esqueça, que encontre outra pessoa… Que fique com mais raiva ainda… A criatividade dos meus coachées é imensa… Mas o que eu posso dizer pra te tranquilizar aqui é que o medo na reconquista é absolutamente normal!

Recupere seu ex clique aqui

Você sabia que existem vários tipos de medo?

Existe dois tipos de medos: os reais, e os emocionais. O medo surge com ansiedade, causa reações no seu corpo e na sua mente, que pode ser negativo para você. Um dos maiores medos que você pode sentir é de ser rejeitado, criticado, não atender ou não superar a expectativa das pessoas.

Pra você entender o quanto esse assunto é delicado, existem artigos científicos que mostram que mesmo antes de você nascer, você carrega sentimentos, pensamentos e emoções dos seus pais , muitos dos medos que se manifestam na fase adulta, são gerados no útero materno. Que louco isso não? Acredito que você ficou tão chocado quanto eu.

Então, como eu vou fazer pra lidar com esse sentimento de medo na reconquista? Minha dica é começar por racionalizar. Não é porque você vai passar um mês ou alguns meses (dependendo do caso, tá? calma!) sem falar com seu ex que ele ou ela vai esquecer que você existe. Às vezes tem anos que vocês estão juntos, e você está com medo de passar uns dias sumido… aiaiai…

Quer reconquistar o seu amor?

O medo do conhecido x medo do desconhecido

Existem além desses medos, vários outros como por exemplo o medo real (físico) e o medo emocional. Estou falando aqui do medo real, físico, como o medo que você sente de se machucar ao fazer algum esporte ou medo de ser demitido da empresa que trabalha. Esses medos são protetores, e não geram insegurança, eles não são capazes de interferir no sentimento. Esses medos nos fazem pensar antes de agir ou tomar decisões.

Os medos emocionais são aqueles que provocam prejuízos emocionais, como fracassar, de se frustrar, de ser rejeitado, criticado ou abandonado. Despertam insegurança, e geralmente estão ligados a incapacidade, inferioridade, a não merecimento de alguma coisa ou alguém.

Você pode usar como base esses medos físicos e emocionais para se proteger. De sentimentos e sensações que você já conhece (a dor, o fracasso…) , de sensações que você não quer voltar a sentir, como o desprezo, o “não” vindo da parte do seu ex ou da sua ex.

“Eu tenho medo de falar com meu ex porque eu SEI como ele vai reagir” . “Eu tenho medo de me afastar porque eu sei que ela vai ficar com raiva, sei que ela vai me tratar mal…”. São típicos de quem tem medo do conhecido. Ou que você julga conhecido. Isso é um alerta que você está se sentindo inseguro, não está pronto para entrar em contato. Não está em controle das suas emoções. Então esse medo na reconquista serve de alerta. É um freio pra você rever as suas atitudes e mudar de estratégia.

“Se eu me afastar, não sei o que pode acontecer”

Porém olhando pelo outro viés, se esse medo for impulsionado por “eu não sei o que pode acontecer caso eu me afaste”… Estamos aqui lidando com o medo do desconhecido. Esse medo te leva pro fundo do poço se visto de maneira errada. Logo precisamos RACIONALIZAR. O real medo que você deve sentir aqui é de ficar preso na sua real situação. Preso no fundo desse poço aonde não é possível evoluir e tomar as rédeas. Acredito que esse é o real perigo nesse estágio, pois esse medo na reconquista, reduz as suas chances a quase zero.

O MEDO de ficar aonde você está deve ser maior do que o medo de mudar. Então canalize isso para desenvolver habilidades novas, sair da sua rotina, se conectar (ou reconectar) com a família, os amigos, seus animais, a natureza… (tô brincando mas é sério)

Esses medos ao invés de te proteger e te congelar, devem impulsionar a fazer algo pro seu crescimento, porém os erros de cunho emocional, podem te fazer agir com insegurança. O que te coloca em um estado penoso, de vítima. E cá entre nós, esse estado não atrai o seu ex, você vai provocar nele o gatilho mental da REPULSÃO.

Ativar o gatilho de repulsão é um grande problema. Aquilo que é presente demais nas nossas vidas fica repetitivo é monótono é sem interesse, por isso o afastamento é tão importante.

Uma dica para não deixar o medo na reconquista dominar você, é se dedicar a melhorar os pontos que desgastaram o relacionamento, focar na sua mudança, aprender coisas novas, encontrar uma melhor versão sua. A sua mudança vai fazer você mais feliz e despertar o interesse do ex.

Não deixe o medo na reconquista dominar você!

Não tenha medo de perder o ex com esse afastamento, ele não vai lhe esquecer de um dia para o outro, não funciona assim. Mantenha a positividade, cuide de você agora, da sua saúde mental e da sua inteligência emocional, pense mais em você, falamos muito sobre isso aqui.

Se você está sentindo medo de fracassar, medo de ser rejeitado, medo de arriscar, medo de não dar certo ou ainda, medo de levar um fora do ex, lembre-se: o “não você já tem”. Essas situações já são reais, sentir medo disso e continuar bloqueado de tomar atitudes que podem te ajudar, é irracional. É não natural.

O medo atrapalha muito na reconquista, encare os medos de frente, sei que é difícil, mas é por isso que estamos aqui. Nossa equipe é capacitada e está pronta a ajudar a superar os medos na reconquista e montar um plano de ação para o seu desenvolvimento pessoal. Se você precisar de ajuda, nos disponibilizamos através do Coaching Personalizado.

O medo é o maior inimigo da vontade, e é a vontade de mudar que te faz agir. Dominar seus medos não significa ignora-los, pelo contrário, vai te ajudar a se reconhecer. Pense como seria bom estar ao lado de uma pessoa que se ama, segura de si, experimentando coisas novas, vivendo o presente. 

Siga-nos no nosso canal do YouTube. Diariamente postamos vídeos com dicas de desenvolvimento pessoal e reconquista! Tenho certeza que vão ajudar você a lidar melhor com o medo!

Espero que você tenha gostado do assunto de hoje, se tiver mais dúvidas, deixe aqui nos comentários! Vai ser um prazer responder você!

Um forte abraço

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe

Compartilhe esse artigo com seus amigos