INSEGURANÇA – Como superar esse problema?

Em muitos campos da vida cotidiana a insegurança gera grandes problemas. Mas, quando se trata de relacionamentos amorosos ela parece ainda pior.

Esse tema varia de um cliente para outro. Também de um caso para outro. Porém, uma coisa fica clara: A insegurança sempre causa danos. Sempre adia boas decisões, ou anula todo um trabalho bem feito.

Eu tenho lidado há muitos anos com a reconquista. E posso dizer que um dos maiores problemas é a falta de segurança. O medo ou insegurança pode atrapalhar profundamente os melhores esforços.

Claro, algumas pessoas tem esses bloqueios desde a infância. Foram traumas, traições, cultura, religiosidade, etc…

E tudo isso acaba refletindo em momentos de decisão, como durante uma reconquista.

Portanto, a primeira coisa que fazemos é tentar identificar a causa. Ou as causas. Em alguns casos encaminhamos para especialistas da área de saúde mental.

Mas, para a enorme maioria, é questão de mudança de hábitos e comportamento. Na verdade, na maioria dos casos, a própria pessoa pode se ajudar. Se houver real esforço, ela consegue vencer esse “fantasma”.

Mas, o que fazer de maneira prática para vencer a insegurança? Que medidas ou atitudes podem ser úteis?  E o que não fazer para se ajudar nessa tarefa?

Eu te convido a ler este artigo até o final e também enviar seus comentários, caso queira. Ele pode ser útil para você, ou para alguém que conhece e precisa desta informação.

INSEGURANÇA – Como superar esse problema? – o que fazer

1 – Cuide de si mesmo(a) – A falta de atenção às necessidades emocionais pode levar a pessoa a se tornar insegura por qualquer motivo. Todos somos bombardeados diariamente com muita pressão, stress. E precisamos aliviar toda essa tensão que pode levar a outros problemas, como aumentar a sensação de insegurança.

Algumas medidas aparentemente simples ajudam bastante. Praticar um esporte, tirar tempo para música, dança e outras atividades relaxantes, academia, leitura, meditação, lutas marciais, etc… Tudo isso faz muito bem para o corpo, mas reflete também no emocional. E podemos perceber o valor desses exercícios quando a pessoa se depara com situações estressantes.

Geralmente é questão de MEXA-SE!

Também é extremamente importante identificar aquilo que nos leva a sentir inseguros, ou aqueles. Evitar pessoas que são negativas. Numa conversa com um de meus coacheados, percebi que ao “filtrar” seus “amigos” de verdade, e passar a relacionar com aqueles de alto astral ela passou a se sentir mais confiante também. Estava sendo contaminada positivamente pela energia boa que vinha deles. Taí outro conselho prático.

2 – Melhore sua autoestima – VOCÊ é o foco!

Uma mudança de foco. Focar em você, esse é o plano!

Sim, focar em você, indivíduo. Está se amando o suficiente? Ou sempre se coloca em segundo plano? 

Existem dois extremos nessa questão. Evidentemente, não é bom adotar uma atitude narcisista. Pois o excesso de foco em si mesmo pode também ser prejudicial.

Mas, o que geralmente se percebe, são pessoas que deixam de viver a própria vida e passam a viver a vida do outro. Isto leva à insegurança. Ela deixa de se conhecer. Não reconhece seus limites. Ou exagera os mesmos. Isso acontece em muitos relacionamentos a dois.

Uma baixa autoestima, certamente, leva a pessoa a ser insegura. Ela não confia em suas decisões. Ou não aprendeu a confiar em si mesma ou foi condicionada a viver à imagem de outro. A depender da aprovação de outros.

Quer reconquistar o seu amor?

Na verdade, a questão é: ame-se em primeiro lugar.

Se você for seu maior fã (sua maior fã), então, não tem pra ninguém!

Evidentemente, isso pode ser mais difícil para algumas pessoas. Nós sempre sugerimos: busque ajuda. Se não consegue vencer esse problema sozinho(a), compartilhe-o com alguém que tenha preparo para te ajudar.

3 – Não se compare com ninguém – Isso é fundamental!

Ninguém é igual a ninguém. Isso é fato. O problema é que uma pessoa insegura sempre está preocupada com uma rival, mesmo imaginária. Até aquela foto que seu ex curte, de uma mulher bonita, para essa pessoa é motivo de briga. Portanto, a primeira coisa a fazer é cuidar de sua autoestima, sua reconstrução pessoal, emocional. Muito do sucesso que temos numa reconquista, passa primeiro pela reconquista pessoal.

Como eu já disse, ninguém é igual a ninguém. Portanto, qualquer comparação é desonesta. Nós simplesmente somos diferentes!

Quando aprendemos a nos amar como somos, podemos ser muito mais felizes na vida,

Pacote da Reconquista

INSEGURANÇA – Como superar esse problema? – conclusão

Portanto, pare de aplicar energia negativa em seus relacionamentos. Com o mesmo esforço você pode aplicar boas energias e obter melhores resultados.

Pare de esperar somente o pior. A vida não é somente preto ou branco. Há cores nesse intervalo.

Acredite em si mesmo(a), antes de todos e tudo. Seja sua melhor versão.

Se isto acontecer, você também certamente, será a melhor opção para um parceiro de verdade!

E, lembre-se: precisando de ajuda, coaching personalizado ou acompanhamento individualizado, pode contar conosco.

Um forte abraço,

Dyuly Cardoso

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe

Compartilhe esse artigo com seus amigos