Mudança de foco: Importante para RECONQUISTAR ou para SUPERAR o ex

A mudança de foco é para quem quer reconquistar e para quem quer superar o ex.

Em algum momento após o término todos dizem: “Como esquecer meu ex? Ele (a) não quer mais nada comigo e só me trata mal”. Tanto para quem quer reconquistar ou para quem quer superar o ex, é necessário entender a importância da mudança de foco para conseguir o que quer.

Primeiramente é necessário sair do estado catatônico. Acontece principalmente, com quem acabou de sair de um relacionamento longo, onde após tanto tempo com outra pessoa você não sabe o que fazer agora que está solteiro. Comece a dar passos, fazer algo por você.

O mesmo serve para quem ainda está sofrendo e chorando pelo ex. Você já viu que essa ciclo de sofrimento não vai terminar enquanto for quebrado, quanto mais você fica pensando “Ainda amo fulano mas ele me trata mal”, mais triste você e isso te coloca cada vez mais pra baixo.

Porque em tudo que você foca, se torna maior, então focar no seu ex só te faz sofrer e se desvalorizar cada vez mais.

Como funciona a mudança de foco

Então é aí que entra a mudança de foco, você precisa se mover para chegar no que você quer. Pensar apenas que quer superar pode parecer difícil e vago. A mudança de foco é quando você troca o “Quero superar meu ex” pelo “Vou focar em mim”.

A partir daí, busque fazer novas coisas por você, como focar no trabalho, na academia, nos estudos, ou vá viajar. Focando em novos objetivos pessoais, você cria um novos planos de ação para realizá-los e preenche a sua vida de novas realizações.

A novos planos de ação são a resposta para o que você precisa fazer. Se você decidir que quer viajar para fora do país, então o seu plano de ação não será focado no seu ex e sim na viagem. Daí, você vai aprender uma nova língua, juntar dinheiro para passagem e hospedagem, trabalhar para cumprir metas até o final do ano.

Porque a mudança de foco funciona

Enquanto você tem essas pequenas metas em mente para um objetivo maior, sua mente não tem tempo para pensar no seu antigo relacionamento. Uma nova mentalidade impede a antiga de voltar, e para isso o foco e a dedicação tem que ser genuínos.

Isso não quer dizer que você vai cair nessa nova mentalidade com 100% de gás. Mas é importante que você se desafie a dar os primeiros passos, pensar no que quer fazer e como vai fazer é a parte teórica mas nada saí do papel sem a prática.

Para isso cada um começa com aquilo que pode, trabalhando nas metas gradualmente e crescendo aos poucos. Contanto que sua mente esteja 100% em continuar nos seus planos, você estará evoluindo. Foque naquilo que te faz crescer e ser feliz. 

Mas não podemos sempre confiar nas nossas mentes em relação a sentimentos. Sim, talvez em algum momento você vai se pegar pensando no seu ex, no que ele está fazendo e no que está pensando sobre o que você está fazendo e etc. Nessas horas pense bem, é hora de colocar na balança, o que vai ser melhor para você? Voltar para um relacionamento que você já sabe que não dá certo ou buscar novas experiências para sua vida?

Avalie se você realmente quer retornar ao estado de sofrimento e autopiedade que você estava ou se vai continuar avançando para ser sua melhor versão, com novas experiências, mais feliz e realizada sem precisar de ninguém. Ao colocar na balança, com um ponto de vista lógico, a resposta parece ser óbvia, não é mesmo?

O tempo faz o resto

Com o seu novo objetivo definido, os planos traçados e a prática sendo feita, o tempo se encarrega do resto. Você estará em focado em novos planos e sonhos até que um dia, você se lembrará do seu antigo relacionamento e do seu ex, e perceberá que não sente mais nada!

Mas eu quero reconquistar!

No caso de quem quer reconquistar, a mudança de foco te ajuda a montar um plano de reconquista mais eficiente. Só focar na reconquista, que é a etapa final, não te deixa ver todo o caminho que tem que ser percorrido até chegar lá. E por isso, você não vai prestar atenção nas etapas, vai cometer muitos erros e vai dificultando cada vez mais a sua jornada.

Para isso, o processo também é parecido, você já tem um objetivo específico: a reconquista. Agora é hora de definir seu plano de metas e a estratégia de como isso será feito. Então, a mudança de foco muda para ao invés de focar na meta final, seu foco virá cumprir cada etapa da reconquista de cada vez.

Então, primeiro, vamos repensar quais foram os erros cometidos durante o relacionamento e corrigi-los. Essa etapa exige muita dedicação, é um momento para você curar muitas feridas, e isso não pode ser apressado ou feito de qualquer maneira.

Em seguida, vai fazer o Contato Zero. Como será feito? Quanto tempo irá durar? O que você vai fazer durante o Contato Zero? Esse ultimo questionamento é essencial, porque muitos apenas fazem o Contato Zero e apenas esperam parados que o ex vá voltar correndo para mandar mensagem pedindo para voltar magicamente. Faça alguma coisa durante este período, algo que você não fazia durante o relacionamento e que vai te ajudar a ser sua melhor versão.

Mudança de foco deve ser verdadeira

Portanto, mantenha-se em movimento, se mantenha ocupado e dedique o seu máximo em cada etapa da reconquista. Não focando apenas no seu ex ou na sua ex mas sempre em você, como já falamos aqui várias vezes, antes de focar no relacionamento, você deve focar em ser uma nova e melhor versão de si mesmo.

No entanto, a mudança de foco exige dedicação, paciência e muito foco. Não adianta você fingir, é necessário uma entrega total até chegar no seu objetivo final. Não só para superar um relacionamento ou para recuperar um, a mudança de foco serve para qualquer que seja o objetivo na sua vida.

Uma meta de cada vez, após cumprida, mude o foco outra vez.

Espero ter ajudado, até o próximo post.

Abraços!

Angélica Dias

Terapeuta e Coach Especialista em Reconquista Amorosa e Desenvolvimento Pessoal

Seja VIP

Junte-se a mais de 418.219 pessoas.

Mais conteúdo

Na imagem: Mulher branca de cabelo curto e loiro e blusa branca usando correntes se encara no espelho. Técnica do Espelho.
Artigos

Técnica do Espelho: Como e quando usar?

Se você nos segue há algum tempo você já ouviu falar dessa técnica, essa técnica é baseado em exercício de neurociência. Serve para entender o

Gostou do conteúdo? Compartilhe com alguém

Compartilhe com facebook
Compartilhe com whatsapp
Compartilhe com telegram
Compartilhe com pinterest