BLOG

Não tome decisões na hora da raiva

Se você quer uma chance para que a sua reconquista dê certo, não tome decisões na hora da raiva ou do desespero.

Muita gente nos procura em um momento de raiva, de desespero, medo ou tristeza. Todos esses são sentimentos muito fortes, e péssimos conselheiros. Se você não souber com controlar esses sentimentos, não souber como lidar com eles, você vai agir de maneira impulsiva, sem usar a sua inteligência emocional.

Quando você age sem pensar, a probabilidade de cometer um erro é muito grande. E o pior de tudo é que o mesmo o menor dos erros pode te custar muito caro – pode te custar tudo.

Essas ações impensadas são tão impulsivas que logo depois de fazê-las, você nem ao menos se reconhece. “Meu Deus do céu, por que fiz isso? Por que eu briguei daquele jeito? Eu disse aquelas coisas horríveis por quê?”

O que acontece é que quando você está em uma situação na qual sentimentos muito fortes te dominam, seu sistema nervoso entra em colapso e o seu subconsciente assume o comando do seu corpo e toma as decisões. E a primeira decisão que ele toma é a de agir de acordo com a sua frustração. É aí que surge aquela explosão que te faz parar de raciocinar e a agir por impulso, falar sem filtro algum.

Então, como evitar que isso aconteça?

Como se impedir de decisões na hora da raiva?

Quando você achar que vai perder o controle sobre as suas emoções e surtar, pare tudo e respire fundo. Sério. Vai respirando e contando até dez. Depois, de dez até chegar no zero. Isso não é só uma besteira que as pessoas dizem por aí. Quando você respira fundo, oxigena o cérebro, pensa melhor e se acalma.

“Ah, Dyuly, não adianta, porque quando meu ex quer brigar, ele fica me cutucando até eu estourar.”

Se é assim, saia de perto dele. Diga: “Não quero falar sobre isso agora, porque não estou me sentindo bem. Quando estivermos mais calmos, conversamos como os adultos maduros que somos”. Pronto, aí você sai e some por algumas horas ou um dia, dois. Para se acalmar e evitar que você fale o que não devia. Ou que tome alguma decisão a qual você lamentará depois que a raiva passar.

Então, conte até dez enquanto respira fundo. Aprenda a descontar a sua raiva no travesseiro ou, literalmente, em um saco de pancadas – usando as luvas adequadas para não machucar as mãos: é um ótimo exercício físico.

Além de inteligência emocional, você precisa ter controle de suas emoções. Só assim você consegue se impedir de tomar decisões na hora da raiva.

Se você quer reconquistar, não tome decisões na hora da raiva.

Tomar decisões na hora da raiva prejudica a sua reconquista

Vou te dar um exemplo muito claro de um erro cometido por muita gente, resultado de uma decisão tomada na hora da raiva.

“Já que meu ex não quer mais ficar comigo, vou arrumar outro. Vou até colocar ‘em um relacionamento sério’ no Facebook. Ele vai se arrepender da raiva que me fez.”

Aí faz essa burrada e envolve uma terceira pessoa inocente, que vai sair machucada nessa história de relacionamento rebote. Magoa e faz ainda mais raiva no ex que, com razão, vai te achar imaturo. E o pior de tudo: como você ainda ama o ex, vai querer terminar com o rebote para voltar com ele. Você já imagina a bola de neve de problemas que isso pode virar.

E tudo isso só aconteceu porque você tomou uma má decisão quando estava com raiva. Depois de fazer a burrada, vem procurar o Reconquiste o Amor igual cachorrinho que caiu da mudança, chorando, desesperado, porque não soube controlar as emoções e explodiu.

E o que fazer para controlar as emoções? Tanto no nosso canal do YouTube quanto nos artigos do blog, nós já ensinamos alguns exercícios usados para controlar as emoções, tais como o exercício do elástico, técnicas de respiração e meditação.

Esses exercícios são válvulas de escape, cujo objetivo é te fazer relaxar e parar de pensar naquilo que perturba a sua mente. Então, toda vez em que você sentir que vai perder o controle das suas emoções, use essa válvula.

Se você é uma pessoa muito agitada, que tem muita energia para gastar, uma boa opção de válvula são a prática de atividades físicas de alta intensidade, como, por exemplo, corrida, muay thai, jump, corrida e outros esportes mais radicais, nos quais você vai se concentrar e deixar de lado outras preocupações.

Se necessário, procure ajuda

Para ser feliz em qualquer área da sua vida, você precisa ter controle das suas emoções e não deixar que elas te façam se autoboicotar.

Se isso é algo que você não consegue fazer sozinho, procure a ajuda de um profissional. Um terapeuta, psicólogo ou coach pode te ajudar. Se necessário, procure um psiquiatra. Você não precisa lidar com isso sozinho.

Fique calmo, que tudo vai dar certo. Basta apenas que você respire fundo e se afaste quando sente que está próximo ao seu ponto de ruptura. Procure uma distração, uma válvula de escape, a fim de que a sua razão possa vir à tona. Assim, você vai estar pronto para tomar decisões conscientemente, das quais você não vai se arrepender.

Conte conosco

O processo de reconquista, além de ser longo, é marcado por questionamentos e descobertas, mas não se preocupe, eu e minha equipe estamos aqui para te ajudar em tudo que for necessário.

Com nossos métodos bastante eficazes, já auxiliamos milhares de pessoas em todo o mundo em suas reconquistas, conforme você pode notar ao ler os comentários e agradecimentos deixados por elas em nossas publicações.

Nosso canal do YouTube já tem mais de 255 mil inscritos, junte-se a eles e assista os vídeos postados diariamente, nos quais há dicas de desenvolvimento pessoal, reconquista e cuidados com o relacionamento.

E para você que precisa de atendimento individualizado, há o Coaching Personalizado, em que alguém de minha equipe estará com você em todo os passos, em cada etapa da reconquista e desenvolvimento pessoal.

Nos vemos no próximo post, um abraço.

Compartilhe nosso conteudo nas suas redes sociais

Compartilhe com facebook
Compartilhe com twitter
Compartilhe com linkedin
Compartilhe com skype
Compartilhe com telegram
Compartilhe com whatsapp