Frequentemente alguém me faz a seguinte pergunta: “quando retomar contato após a carta manuscrita para o ex, se ele não entrar em contato comigo?”

Então, como se trata de uma pergunta recorrente, resolvi escrever este artigo especificamente para responder essa pergunta e acabar de vez com as dúvidas.

Em primeiro lugar, quero te relembrar que a reconquista é um processo composto por etapas sucessivas, que devem ser respeitadas, para que dê certo. A carta manuscrita, por exemplo, só pode ser enviada após o período de Contato Zero.

Quanto tempo deve durar o Contato Zero? Tempo o suficiente para você realmente colocar em prática o seu desenvolvimento pessoal e evoluir, se tornar a sua melhor versão e assumir o controle das suas emoções.

Entenda que você precisa de uma mudança antes de entrar em contato com o seu ex. Ele não quer voltar para aquela mesma pessoa que você era quando o relacionamento terminou.

Então não adianta fazer um Contato Zero de três dias, porque ninguém muda em três dias. Faça ao menos vinte ou trinta dias e utilize esse tempo para investir no seu desenvolvimento pessoal (como eu já disse, mas não custa nada reforçar), bem como para encher a sua vida de novidades.

Se você não tem novidades para contar, então não tem por que você mandar a carta. Esta não é uma carta para pedir de desculpa, muito menos para pedir para voltar. É uma carta para retomada de contato, então você precisa ter novidades para contar e estimular uma conversa.

Mas, então, o que fazer quando você envia a carta, depois de seguir corretamente as etapas anteriores, mas o seu ex não te responde? Como tentar retomar contato após a carta manuscrita para ex, uma vez que que ela ficou sem resposta alguma?

Como e quando retomar contato após a carta manuscrita?

É muito frustrante quando você envia a carta manuscrita, mas o ex não responde. Neste caso, como retomar contato após a carta manuscrita? Vou falar sobre duas hipóteses.

Hipótese número um: “enviei a carta há uma semana e ele não respondeu. Devo perguntar sobre a carta?”

Não. Nunca, em hipótese alguma, você poderá fazer perguntas sobre a carta. Se quando vocês finalmente conversarem a pessoa tocar no assunto, ótimo. Deixa-a falar, espontaneamente, o que ela pensou e sentiu a ler a carta, sem que você fique a questionando.

Hipótese número dois: “mandei a há uma semana e não obtive resposta. Devo mandar alguma mensagem?”

Depende de como foi o término do relacionamento de vocês. Se foi muito difícil e traumático, se houve quebra de confiança, traição e conflitos, uma semana é pouco tempo. Espere, no mínimo, duas ou três semanas para enviar uma mensagem, caso seu ex não responda a carta manuscrita.

Mas se foi um término tranquilo, no qual não ocorreu nenhuma grande briga, motivado pela rotina que esfriou o relacionamento, por exemplo, então uma semana é o suficiente.

Por que esperar uma semana, duas ou três para enviar uma mensagem? Porque a pessoa precisa de tempo para digerir as suas palavras, para refletir acerca do que você escreveu e, talvez, encontrar uma resposta para te dar.

E o que enviar nessa mensagem? Você vai dar uma informação ou perguntar sobre algo aleatório – vai falar sobre qualquer assunto que não seja a carta –, a fim de “testar as águas” e ver se a pessoa vai te dar mais abertura e permitir que a comunicação entre vocês comece a fluir.

E se conversa entre vocês não fluir depois de retomar contato após a carta manuscrita?

E se depois de mandar a carta e a pessoa não responder, você mandar a mensagem e ainda assim a conversa entre vocês não fluir?

Isso pode acontecer, infelizmente. Mas por quê? Porque quando a pessoa falou com você, ela esperava novidades. E se você não tinha novidades para oferecer a ela, então, ela não vai querer continuar conversando contigo.

Lembra que eu falei que você precisa de evoluir e de ter novidades se quiser retomar o contato com o seu ex, já que ele não quer voltar para aquela mesma pessoa que você era quando o relacionamento de vocês terminou? Pois é.

Você precisa dar motivos para que a pessoa tenha desejo de conversar contigo. E isso não vai acontecer se você não tiver novidades para contar, nem se você ficar apenas fazendo aquelas perguntas rebotes: “eu estou bem, e você? Estou trabalhando, e você? Tenho viajado com mais frequência, e você?”. Não faça isso. Aprenda a conversar, a pensar antes de falar, a fazer comentários inteligentes e estimular uma conversa.

E se a conversa não fluir mesmo assim? Então não insista. Espere mais uma semana e envie outra mensagem. Dê tempo de a pessoa sentir falta de conversar com você. Aprenda a ter equilíbrio e a organizar os seus pensamentos. Conte suas novidades aos poucos, para deixar a pessoa curiosa.

E quando você perceber que a conversa está – finalmente – fluindo, saiba deixar um “gostinho de quero mais”, não deixe que esfrie, perca a graça. Mantenha a pessoa interessada, curiosa sobre você, sobre o que você tem feito.

E se o seu ex não quiser falar contigo de jeito nenhum?

Pode acontecer de tanto a sua carta manuscrita quanto as mensagens que você enviar depois de uma ou duas semanas fiquem sem resposta alguma? Pode.

E qual o motivo disso? Provavelmente, é porque o seu ex não acredita na sua mudança. Neste caso, te aconselho a rever o seu processo de reconquista e o de desenvolvimento pessoal, para identificar onde você está errando e corrigir esse erro, e mudar verdadeiramente.

É necessário que você entenda uma coisa quando eu falo que você precisa mudar, evoluir e ser a melhor versão: não adianta você mudar só o que você acha que é o importante. Você precisa descobrir quais mudanças o seu ex espera de você, descobrir a fonte do problema para consertar lá.

Não adianta você achar que você mudou – ou mudar só por fora – e querer voltar, se aquilo que o seu ex mais queria que você mudasse, continua o mesmo.

Pacote da Reconquista

Conte conosco

Nós do Reconquiste o Amor estamos aqui a fim de, junto com você, traçar a melhor estratégia para que a sua reconquista dê certo.

Com nossos métodos altamente eficazes, já ajudamos milhares de pessoas a reconquistarem seus amados, conforme você pode notar ao ler os comentários deixados por elas em nossas publicações.

Para assistir aos vídeos cheios de dicas de desenvolvimento pessoal e reconquista postados diariamente, junte-se aos mais de 223 mil inscritos em nosso canal do YouTube.

Conte com nosso Coaching Personalizado se o que você precisa é de um atendimento individual, com acompanhamento de alguém de minha equipe durante todo o processo de reconquista.

Beijos, e até logo!