Escolha uma Página

Durante o processo de reconquista um dos grandes erros cometidos é ficar disponível demais.

Algumas pessoas cometem esse erro tão “naturalmente” que nem percebem o quanto estão boicotando sua reconquista.

Acompanhando muitos casos em nossos coachings e atendendo a pedidos de seguidores vou, a seguir, dar algumas dicas que são fundamentais nesse assunto.

Primeiro, vou  identificar algumas atitudes que demonstram claramente uma excessiva disponibilidade:

Imediatismo nas respostas

O(a)  ex mal ligou ou passou uma mensagem e já recebe uma resposta. A pessoa está no banho, dirigindo, trabalhando… etc, e não consegue terminar algo importante – interrompe – e tem que dar atenção rápida e exclusiva!

Esse é um sinal muito negativo de falta de prioridades (e de juízo, às vezes).

Talvez seja o sinal mais evidente de que a pessoa está disponível demais. E, é claro que ela vai passar recibo de insegura(o), dependente e potencialmente candidato(a) a ser manipulado ou usado em emergências.

Você está disponível demais se só você inicia as conversas

Se, todas as conversas têm um único provocador, algo está errado!

Como disse um coacheado há alguns meses: “Se eu não “puxar” conversas ela não toma a iniciativa. Como eu já sei que é assim, eu tomo sempre a iniciativa.  O pior é que algumas vezes ela nem responde”.

Bem, em casos assim, dá pra perceber a necessidade de aprender a “fazer falta”(inclusive essa estratégia faz parte de nossos coachings).

Uma pessoa que se mostra tão disponível que precisa estar o tempo todo provocando conversas e até ficando no “vácuo” – precisa primeiro cuidar de sua autoestima e aprimorar seu desenvolvimento pessoal (módulo que também desenvolvemos durante o coaching).

“Pare tudo e me atenda!”

Você já viu alguém agir assim? Um “Severino” na vida? Bom pra resolver as “buchas”?

É o  portão eletrônico que estragou, são as compras do supermercado, buscar o Jr. na escola, manutenção do carro…etc.

Novamente, isso não vai ajudar em nada em uma reconquista. Uma atitude subserviente somente vai diminuir ainda mais a reputação dessa pessoa junto ao seu ex.

Mas, tem um outro tipo de “disponível demais” que chega a extremos:

Vigia de redes sociais

Esse(a) é triste!

Passa o tempo todo stalkeando o(a) ex nas redes sociais, anotando cada postagem e depois  “se convida” para algum programa que viu dele(a).

Gente, não vou nem comentar! Precisa?

Em vez de disponível demais, desenvolvido emocionalmente

Concluindo, o foco para uma reconquista saudável e duradoura deve ser outro.

O foco deve ser VOCÊ!

Quem realmente quer reconquistar, primeiro precisa reconquistar a si mesmo. Produzir seu desenvolvimento pessoal, intelectual e emocional.

Precisa aprender a valorizar-se e algumas vezes dizer: não! E saber que um afastamento estratégico é mais produtivo que uma disponibilidade demasiada.

Uma pessoa que atingiu seu equilíbrio emocional jamais vai querer provocar o sentimento de pena no outro. Jamais vai se comportar como pedinte, mendigando atenção. Ou “grudenta,” o que é pior ainda.

O desenvolvimento pessoal vai possibilitar um controle de suas emoções, controle de suas atitudes, previsão e não precipitação. Enfim, vai ter vida própria, luz própria. Tudo isso conjugado é um “tsunami” sedutor no caminho da reconquista. E ninguém que tem essas qualidades passa despercebido.

Quando o disponível demais chega ao extremo oposto

Uma palavra de cautela a mais: em certos casos, extremos, uma pessoa que se comportou como disponível demais por muito tempo  acaba se magoando tanto, se frustrando tanto que parte para uma atitude oposta: ficar totalmente indisponível.

Nesses casos, não raramente, essa pessoa pode se tornar um  misantropo, insociável, áspera, intratável.

Passa a se comportar como se ninguém pudesse ser digno de confiança, nem digno de ser servido com civilidade.

O mero fato de servir a alguém passa a ser uma afronta. E tudo isso vai afetar um futuro relacionamento.

Como todos  corremos o risco de absorvermos as experiências passadas e o ambiente em que vivemos, é muito importante estar atento a como resolvemos nossas carências emocionais,  para não desenvolvermos “doenças da alma”.

Assim sendo, o artigo de hoje chama a atenção para essa prática comum e nada saudável de se mostrar disponível demais, quer seja na vida amorosa, quer no dia a dia, cotidiano.

E para aquelas pessoas que não sabem lidar com esse problema, sugiro sempre procurar ajuda de especialistas da área.

Minha equipe e eu estamos à disposição para ajudar!

Quer reconquistar o seu amor?

Conte conosco

Com o objetivo de ajudar tanto no desenvolvimento pessoal quanto numa reconquista desejada, eu sugiro também que busque toda informação especializada nesse campo que puder.

Porém, ajuda personalizada, no dia a dia é recomendável.  Nem sempre é possível atingir esses objetivos sozinho(a). Às vezes, durante o percurso a pessoa pode se perder ou questionar se está mesmo adotando a melhor estratégia.

Por isso recomendo um acompanhamento perito que pode ajudar a traçar os melhores rumos ou redirecionar os esforços, sempre que necessário, em busca dos melhores resultados.

Nesse sentido, quero lembrar que SEMPRE que precisar de ajuda, pode contar conosco. Minha equipe e eu estaremos sempre à disposição para te ajudar em seu desenvolvimento pessoal ou em sua reconquista. Fornecemos diariamente informações GRATUITAS muito úteis em nosso Canal no Youtube através de vídeos, bem como em nosso site reconquisteoamor.com, ou através de artigos práticos e direcionados para inúmeras situações ligadas ao tema.

Recupere seu ex clique aqui

Nosso coaching personalizado, estratégia para VOCÊ!

Além de tudo isso, se precisar de ajuda personalizada, pode contar com nosso coaching personalizado. Vamos dar orientações voltadas especificamente para SEU caso.

Você terá acompanhamento individualizado, com total discrição e todo o profissionalismo de nossa equipe. Já estamos há mais de dez anos ajudando pessoas em seu desenvolvimento pessoal e reconquista.

Por isso mesmo gosto de lembrar sempre a nossos seguidores: “você não precisa travar essa batalha sozinho”. Os desafios podem ser enormes, mas juntos podemos alcançar os objetivos desejados. Com nossa ajuda, você poderá ser bem-sucedido(a) em sua reconquista ou melhorar sua autoestima e seu desenvolvimento pessoal, descobrindo que pode se tornar a sua melhor versão!

Deixe seu comentário sobre nossos vídeos e posts. Eles nos ajudam a produzir mais conteúdo relevante.

Obrigada e um forte abraço!

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe

Compartilhe esse artigo com seus amigos