Vamos falar agora do famoso “flashback” que leva algumas pessoas a admitirem: “virei marmita de ex”?

Durante o processo de reconquista, muitas etapas são percorridas.

Às vezes, um parceiro está pronto para um relacionamento mais estável e sério. O outro, porém, está querendo apenas alguns “flashbacks”, ou, um lanchinho, como dizem, enquanto espera a pessoa certa.

A dúvida de seu ex, demonstra, claramente que sua reconquista está em xeque. Cuidado!

Então, nesse momento, alguns clientes me procuram e dizem: “não é melhor eu ir levando e aceitando esses “flashbacks” até que o (a) ex esteja pronto para levar a sério o novo relacionamento?”

Em casos assim, é importante avaliar se uma pessoa se dispõe a aceitar ser apenas “um peguete” por dependência afetiva. Muitas vezes o cliente nem analisa friamente a questão. Ele está tão envolvido na reconquista que não avalia os riscos.

Bem, mas, no final, essa é uma decisão muito pessoal.

Porém, tem suas consequências. E, nosso papel é alertar para todos os riscos e decepções possíveis.

Avaliando os riscos de virar marmita de ex

Um dos riscos ou consequências de aceitar esses “flashbacks” é a pessoa se ferir por não estar pronta para ser apenas um “amante” temporário. Talvez, até esquentando essa “marmita” para mais tarde outro, realmente, ter cem por cento desse relacionamento.

Mais cedo ou mais tarde, seu ex vai encontrar um parceiro “ideal”. E, se não é você, então, você apenas exerceu um “mandato tampão”. Só esquentou essa “marmita” para outro (a) no momento certo.

Você teve só o sexo passageiro, e o outro terá tudo. Tudo o que um bom relacionamento pode produzir. E, você, como vai ficar?

É muito difícil uma pessoa envolvida emocionalmente ter as respostas claras, nesse momento. Geralmente, as decisões são perigosas.

Se, um parceiro resolve levar o relacionamento na base de “flashbacks” frequentes, e, depois, o parceiro parte para outro relacionamento sério, essa pessoa pode se ferir muito mais. E, além da reconquista que não aconteceu, haverá também a perda do respeito e da amizade.

Por isso, pense bastante antes de aceitar a proposta de “flashbacks” com seu ex ou sua ex.

Nosso papel, como disse, é alertar. E, em nosso coaching personalizado acompanhamos e damos todas as dicas para que nosso cliente não caia em “ciladas”.

Virei marmita de ex, pois não entendi que tudo tem a hora certa!

Evidentemente, não devemos ser radicais.

Num dado momento da reconquista a relação mais íntima é normal e aceitável.

Porém, na maioria dos casos, é quando já existe uma cumplicidade e planos para um futuro. Já estão “namorando” e planejando ficar juntos em definitivo.

Quando esse não é o caso, há grande risco de acontecer o que descrevi acima e a pessoa virar marmita de ex.

Algumas reações devem ser observadas.

Seu ex sai com você e ainda sai com outras (os)?

Como dizemos: “está pegando geral?”

Se você perceber que está se tornando só um “peguete”, existe, sim, um grande risco de virar apenas “marmita de ex”.

Vocês combinaram que tudo vai ficar no campo da paquera sem compromisso?

Novamente eu pergunto: “está pronto (a) para isso?”. “E quando se quer mais?”… como diz certa música: “quando o amante quer ser algo mais…”

Para uma reconquista que levará a um relacionamento sério, o parceiro (a) precisa entender que terá que “pagar o preço do relacionamento a dois”.

Não terá apenas os bons momentos para compartilhar. Será uma vida em comum. Completa.

Também, é tolice pensar que por permitir vários “flashbacks”, você vai conquistar esse parceiro em definitivo. Não vai ser apenas na cama que tudo se resolverá, ou que se consolida um relacionamento.

O que fazer para não virar marmita de ex?

Aprenda a dizer NÃO!

Não banalize sua reconquista.

Saiba quais são seus limites.

Melhor é continuar sem intimidades sexuais, que ter apenas isso, enquanto seu parceiro evolui e procura uma pessoa ideal para compartilhar tudo, “cama, mesa e banho”, entende?

Portanto,  não caia nessa situação para chegar à triste conclusão: “virei marmita de ex”.

Quer reconquistar o seu amor?

Conte conosco

O artigo acima é um breve resumo de um tema muito importante e profundo que abordamos durante o processo de coaching.

Muitos clientes se preocupam, claro, com o fato de simplesmente virarem “marmita de ex”.

Se você precisa de mais informações sobre o assunto, ou já está vivendo uma situação assim, saiba que podemos ajudar.

Temos uma equipe pronta e preparada para acompanhar sua reconquista passo a passo.

A reconquista amorosa, a busca do autoconhecimento e desenvolvimento pessoal, têm motivado a produção de milhares de páginas de informação e dicas de “sucesso”.

Ainda assim, nem todas atingem os objetivos propostos.

Daí, então, a necessidade de buscar ajuda de quem realmente entende do assunto e pode dar o melhor direcionamento visando os resultados esperados, e tendo uma experiência acumulada que avaliza todo esse esforço.

Pensando nisso (e se preparando para tanto), toda a equipe de reconquiste o amor foi treinada e após inúmeros clientes já atendidos e satisfeitos, nestes mais de dez anos, está apta para dar o melhor suporte possível para você.

Além do mais, fornecemos diariamente informações GRATUITAS muito úteis em nosso Canal no Youtube através de vídeos, bem como em nosso site reconquisteoamor.com, assim como através de artigos práticos e direcionados para inúmeras situações ligadas ao tema.

Pacote da Reconquista

Conte também com nosso coaching personalizado

A maior ferramenta de ajuda e acompanhamento é o nosso coaching personalizado.  Realmente, dá resultados!

Você terá acompanhamento individualizado, com total discrição e sigilo. Já estamos há mais de dez anos, em vários países, ajudando milhares de pessoas em seu desenvolvimento pessoal e reconquista.

Concluindo, eu sempre relembro em meus vídeos a nossos milhares de seguidores em todo o mundo: “você não precisa travar essa batalha sozinho(a)”.

Os desafios podem ser enormes, mas juntos podemos alcançar os objetivos desejados. Com nossa ajuda, você poderá ser bem-sucedido(a) em sua reconquista ou melhorar sua autoestima e seu desenvolvimento pessoal, descobrindo que pode se tornar a sua melhor versão!

Obrigada, um beijo e desde já te convido para o próximo post, bem como a acompanhar nossos vídeos no canal!