“Minha ex quebrou a cara: terminou comigo e foi viver um relacionamento rebote que não deu certo. Devo aproveitar esse momento de fragilidade em que ela se encontra, para tentar reconquistá-la?”

Um rapaz me fez essa pergunta lá no direct do Instagram. E como essa pode ser a dúvida de outras pessoas, escrevi esse artigo, a fim de te ajudar a evitar um grande erro.

Para que uma reconquista dê certo, é preciso seguir uma série de etapas sucessivas, agir corretamente, na hora certa. Contudo, antes de iniciar esse processo, é necessário descobrir por que você quer reconquistar e por que o relacionamento acabou.

Por que você quer reconquistar? É por que você tem um sentimento de posse em relação ao seu ex? Ou é por que você ainda o ama e quer construir um futuro com ele? Analise o que te motiva a reconquistar, para que você tenha certeza de que a reconquista vale a pena.

Chegou à conclusão de que vale a pena reconquistar? Então descubra quais foram os problemas que causaram o término, corrija-os, e mude naquilo que você tiver que mudar. Coloque em prática o processo de desenvolvimento pessoal, a fim de que você se torne a sua melhor versão – que é a melhor opção para o seu ex.

Você já fez tudo isso: já resolveu todos os seus problemas e agora está na sua melhor versão, só aguardando o momento certo de reconquistar. Será que você deve aproveitar a fragilidade do seu ex, que quebrou a cara com um relacionamento rebote, e fazer a sua jogada?

Não. Você não deve aproveitar essa fragilidade e eu vou te explicar o porquê.

Seu ex quebrou a cara? Não queira ser o rebote do rebote!

Por que você não deve explorar esse período de vulnerabilidade pela qual o seu ex está passando? Porque quando um relacionamento dá errado, a pessoa começa a lembrar dos relacionamentos anteriores que também deram errado.

Neste momento, o seu ex vai estar pensando: “relacionamentos amorosos não são para mim, porque nunca dão certo. Desisto! Não quero mais passar por este sofrimento.”

Ou seja, todos os problemas e sofrimentos pelos quais o seu ex passou em todos os relacionamentos que já viveu, estarão à flor da pele, de modo que uma aproximação com interesses amorosos, o fará construir uma barreira contra os seus avanços.

Além disso, se logo após terminar com você, seu ex iniciou um relacionamento rebote, significa que ele já tem um histórico de fuga e que, provavelmente, não resolveu os problemas que teve com você. E talvez tenha sido por isso que essa nova relação não deu certo: os traumas e bloqueios latentes se manifestaram e tudo foi por água abaixo.

E tentar ser o rebote de um relacionamento rebote não vai te ajudar a reconquistar, nem a ter um relacionamento saudável e feliz.

Diante disso, meu conselho para você, que realmente deseja reconquistar seu ex e construir um futuro com ele, é: tenha paciência. Por que paciência? Porque embora este momento de fragilidade pelo qual ele está passando não seja adequado para você reconquistá-lo, pode ser uma ótima oportunidade de fazer uma aproximação amigável.

Seu ex quebrou a cara? Ofereça a ele um ombro amigo

Antes de você me dizer “ah, eu não quero ser apenas um amigo do meu ex”, quero te dizer duas coisas. A primeira é que você não vai construir um relacionamento amoroso com um inimigo, e sim com um amigo.

A segunda, é que neste momento, a ser amigo do seu ex pode te ajudar – e muito – na reconquista. Sendo amigo dele, você terá mais oportunidades de mostrar a ele a sua nova versão, construída durante o seu processo de desenvolvimento pessoal. Além disso, será muito mais fácil estabelecer cumplicidade e diálogo entre vocês.

Ou seja, você vai utilizar essa amizade para se aproximar ainda mais do seu ex, para convidá-lo para sair, para compartilhar bons momentos com ele, fazê-lo sorrir e desejar estar ao seu lado.

No entanto, você só fará essa aproximação caso você já tenha corrigido os seus erros, trabalhado em seus traumas e colocado em prática o seu desenvolvimento pessoal – se tornado a sua melhor versão.

É imprescindível que a sua evolução seja notável, a fim de que ao conviver novamente contigo, o seu ex possa pensar: “que pessoa maravilhosa, atraente, interessante e divertida! Terminar com ela foi a pior decisão que tomei na minha vida.”

Portanto, neste momento de aproximação amigável, não era para você ser aquela mesma pessoa que o seu ex conheceu. É para você ser uma nova versão de si, mais evoluída, que passou por um processo de desenvolvimento pessoal, que está cheia de novidades e mudou o que era necessário mudar.

Ademais, não aja como se o seu ex já te conhecesse e você não tivesse nenhuma novidade para oferecer, pois, assim, você se coloca na friendzone. O ideal é que você pense em seu ex como alguém novo que você está conhecendo, não como alguém que você já conhece.

Recupere seu ex clique aqui

Conte conosco

A reconquista não é fácil, eu sei, mas você não está sozinho: eu e minha equipe estamos a sua disposição.

Com nossa equipe qualificada e métodos eficazes, já ajudamos milhares de pessoas no mundo todo no processo de reconquista, como você pode notar ao ler os comentários e agradecimentos por elas deixados em nossas publicações.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube e junte-se aos mais de 251 mil inscritos, que assistem aos vídeos postados diariamente, cheios de dicas uteis sobre desenvolvimento pessoal, reconquista e cuidados com o relacionamento.

Você precisa de um atendimento individual? Então conte com o nosso Coaching Personalizado, no qual alguém de nossa equipe te guiará em cada uma das etapas da reconquista.

Nos vemos no próximo post, um abraço!