Pare de drama se quiser reconquistar! Esse tema de hoje veio em resposta a uma chuva de comentários que recebemos no nosso canal do YouTube. Você é tipo de pessoa dramática ou o seu ex é o dramático da situação? Você concorda comigo que tem pessoas que deveriam investir na carreira de ator quando o assunto é reconquista!

Definição de DRAMA: estado de comoção provocado por experiência emocional penosa e desgastante. Pode também ser reconhecido como tema de filme, de poesia, estilo literário, e por aí vai. Mas só pela definição já deu agonia de imaginar uma situação tão drástica para se levar na reconquista.

No post de hoje eu vou falar um pouco de desenvolvimento pessoal, dentro da reconquista e pra não perder tempo já começo com:

Pare de DRAMA!

A não ser que seu ex ou a sua ex seja um ser humano iluminado, com tendência à diretor de novela mexicana, drama é irritante! Se você é o tipo de pessoa que chora por causa de tudo, desde a escova de dente na pia até por ver a casa vazia (até rimou), pare de drama.

Se você é o tipo de pessoa que acredita que nunca mais será feliz com outra pessoa pois sua vida parou por causa do término, novamente. Pare de drama! Você consegue encontrar utilidade nesse tipo de atitude, nesse tipo de pensamento dentro da sua reconquista? Então você está sendo irritante e não está se ajudando em nada.

Porque eu tenho certeza que o seu ex (ou qualquer outro ser humano em plena sanidade mental) vai preferir estar na companhia de uma pessoa alegre, entusiasta. Que você pode conversar, ver fluir a conversa, rir, se divertir. Estamos de acordo?

Sei que parece meio insensível falar assim abertamente, ainda mais se você acaba de passar por um término talvez conflitante. Mas quanto antes você consegue abrir os olhos para essa realidade menos tempo você desperdiça para começar a investir no seu desenvolvimento pessoal e na sua reconquista.

pare de drama

Pare de Drama : Lei da Atração

Levanto em consideração antes de mais nada a lei da atração, se você quer que o seu relacionamento dê certo deve agir de acordo. O drama e o pensamento negativo estão atrelados, andando de mãos dadas. E se você só reclama da situação, inconscientemente seu cérebro vai cooperar para que você esteja sempre certo, ou seja, pare de drama.

Isso envolve a forma com a qual você se comporta diante das situações cotidianas, e também diante do seu ex. Se alguém vem falar com você, já é deprimente saber notícias suas. “Como você está? _Tô indo…” A primeira coisa que vai acontecer é que a notícia de que o pé na bunda foi arrasador vai espalhar até chegar no seu ex. E então ele vai ter a certeza de que você está na palma da mão.

Não faça isso com você mesmo. Vamos repaginar esse diálogo. “Como você está? _Excelente, cheio de projetos novos. A vida tá melhorando, conhecendo pessoas novas…” Já dá até vontade de conversar com essa segunda pessoa, quando com a primeira, eu a deixaria falando sozinha.

Deixe seu ex pensar que você está seguindo a sua vida

Pare de drama, deixe o seu ex pensar que você está seguindo a sua vida. Que você não anda tendo tempo pra nada, que você está se tornando muito mais interessante do que nunca. E então isso vai colocar em dúvida a decisão que ele ou ela tomou. De que seria melhor estar sem você.

Ás vezes no fim do relacionamento você já estava sendo essa pessoa dramática, cansativa que cooperou pra relação acabar. Então você já está ciente que o drama não vai ajudar em nada na sua vida, muito menos na sua reconquista. Pare de drama!

Tenho clientes do Coaching Personalizado que retomam o contato com o ex e colocam tudo a perder por causa do drama pois caem nos testes que o ex faz, e acabam entrando novamente na fossa. É necessário aprender a argumentar, aprender a mudar de assunto.

O seu ex não vai se interessar em conversar com você se você só sabe viver de nostalgia. Se o passado fosse bom, vocês estariam até hoje no relacionamento de vocês. Então deixa esse passado, esse drama pra trás e traga novidades. Busque novidades. Pare de drama se quiser reconquistar.

pare de drama

Como parar de fazer drama?

Se está muito difícil pra você, ou seja, se já está enraizado na sua personalidade ser este ser dramático, vou te dar uma dica pra melhorar e parar de drama.

Tome consciência do problema pelo qual você está passando e diminua-o. Compare com problemas que você considera sérios. Por exemplo, se o seu ex te deixou, você não consegue mais fazer outra coisa a não ser chorar. Tente imaginar alguém próximo de você que estaria na mesma situação. O que provocaria nele esse efeito? Um término? Talvez uma tragédia?

Pareceu até um pouco menor o seu problema agora não? Ou então um exercício bem simples e visual que eu recomendo pros clientes do Coaching. Coloque uma liguinha no seu braço, pode ser aquelas de dinheiro mesmo. E cada vez que você começar a dramatizar, vai puxar a liguinha. Você vai através da dor, entender o quanto você dramatiza.

Recupere seu ex clique aqui

Posso te ajudar a parar com o drama!

Se você não sabe por onde começar a sua reconstrução pessoal, nossa equipe estará disponível pra te orientar através do Coaching Personalizado. Vamos trabalhar juntos técnicas e exercícios para que você pare de drama, se sinta mais autoconfiante e melhores as chances de reconquistar o seu ex. Porque do jeito que tá ai, de drama em drama, não vai dar certo, eu garanto.

Espero que você tenha gostado do recadinho de hoje. Apesar de não ter sido o mais dócil dos posts que eu já coloquei aqui, assumo que verdades devem ser ditas! E com o drama você não vai ser capaz de atrair ninguém! Combinado! Então, pare de drama se quiser reconquistar!

Acompanhe também os vídeos no nosso canal do YouTube. Segue a gente lá, já estamos com quase 50 mil inscritos! E graças a vocês, estamos levando o amor e a possibilidade de ser feliz para mais pessoas! Sou muito grata à vocês por isso!

Se esse post ajudou vocês, ou se surgiram mais dúvidas, me deixe saber nos comentários. Vou ter o maior prazer em ler e responder! Um abraço e até o próximo post!

Carolina Aguiar

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe

Compartilhe esse artigo com seus amigos