A definição de culpa segundo o dicionário é um sentimento de responsabilidade por provocar dano à outra pessoa ou a si mesmo. É um sentimento que você carrega no fim do seu relacionamento. Esse sentimento impede o seu crescimento pessoal, a auto aceitação e o perdão próprio.

O fim da maioria dos relacionamentos é traumático pelo menos pra uma das partes. Seja ela por causa de uma traição, falta de respeito, agressões verbais ou até mesmo físicas, filhos, etc. Ou seja, situações que são carregadas de culpa, de sensação de impotência.

O que eu gostaria de assinalar com esse artigo é que a culpa mesmo que um caminho para mudança de atitudes, não pode ser o guia para a sua reconquista, e vou te explicar como isso funciona.

Culpa

Quando nos sentimos culpados?

Se você foi o causador de uma traição, por exemplo. Se você fez ou acreditou em falsas promessas, se foi rude, agrediu verbalmente a outra pessoa. Ás vezes a relação caiu na rotina e você sente mais a culpa por isso. Por ter deixado de se amar e se cuidar.

Ou então você pode estar se sentindo culpado por ter priorizado outras coisas ao invés da sua relação. O trabalho, os estudos, os amigos, e deixado um pouco de lado a pessoa que estava com você.

É compreensível no mundo de hoje as pessoas passam tanto tempo nas redes sociais. Acabam por deixar a convivência em segundo plano. Ás vezes era seu caso, você trabalha muito, quando estava com sua ex (ou com o seu ex) estava na verdade ausente, conectado às redes sociais.

Fora todos os outros motivos que te levam a se sentir culpa em uma relação. Agora muito cuidado com relações abusivas, aonde a outra pessoa te faz sentir culpado para poder ter o controle sobre você. É sempre importante pesar se o seu sentimento de culpa provém de uma negligência da sua parte ou de vitimização do outro. Cuidado aí.

Por que a culpa atrapalha a reconquista?

Recebo todos os dias histórias de clientes que dizem mesmo ter percebido os sinais que o ex (ou a ex) quer voltar e ainda assim não terem coragem de tomar uma iniciativa por causa da culpa. E isso é realmente uma pena, pois a chance para a reconquista existe e você está matando a possibilidade por causa de algo que já está no passado. Não parece justo não é mesmo?

Se você não sabe os sinais que o seu ex quer voltar pra você, eu escrevi um artigo aqui no blog sobre isso e vou deixar o link aqui! Confere lá e vê se esse é o seu caso.

Nesses casos, você pode até estar em contato novamente com o ex. Porém não consegue agir naturalmente, não consegue recriar a cumplicidade entre vocês, existe um bloqueio. Ou seja, a pessoa até está interessada a voltar com você ou a estabelecer contato. Mas você sente culpa e acha que tudo o que fizer será em vão. Já que o outro possa não ter te perdoado.

Você acaba por cair na armadilha de se humilhar, de aceitar ser mal tratado pelo seu ex, porque acredita que merece por causa de todos os erros que cometeu. E agora você está entrando num cenário muito perigoso de relacionamento. Ou seja, um relacionamento em que é impossível fazer o outro feliz.

culpa

A culpa e a autoestima emocional

Você pode estar se perguntando agora: “Eu sou bem resolvida comigo mesma, com meu corpo (principalmente para as mulheres), com a minha vida profissional, não tenho problemas de autoestima, não é mesmo?”

Acontece que se você não se sente no seu lugar no mundo, se você se culpa pelas decisões erradas que tomou, se você não tem confiança em si em relação às suas decisões, você pode estar sendo vítima da baixa autoestima emocional.

E a forma mais clara que ela se manifesta é através da culpa. Trazendo a cada momento de dúvida a sensação de que você não merece estar ao lado daquela pessoa. A sensação que você não é mais capaz de faze-la feliz. E isso é uma mentira. É auto sabotagem!

Como me livrar do sentimento de culpa?

Para que isso não aconteça com você é necessário, e eu diria até indispensável você se perdoar. Independente do erro que tenha cometido, se você acredita na reconquista, se é com o seu ex que você quer construir a sua vida, o seu futuro, perdoe-se.

Eu faço um exercício muito intuitivo com os meus coacheados sobre o perdão. Não vou dar muitos detalhes aqui, mas basicamente se trata de ter consciência dos seus erros. Não falo pra esquecer como se nunca tivesse cometido, não é isso.

Porém, você precisa estar consciente de que errou, e que não quer repetir os mesmos erros no futuro. Isso é o arrependimento, portanto é mudança de comportamento. E para ter sucesso na sua reconquista é preciso deixar atrás de você toda a bagagem emocional que você não quer pro seu novo relacionamento com a sua ex.

Faço também com meus clientes um exercício de “programação neuro-linguística” que consiste em repetir pra você mesmo que esses erros do passado não definem o seu futuro. Você vai precisar se aceitar, se perdoar e se amar acima de tudo, para só então poder prover esse sentimento para o outro.

culpa

Não existe um só culpado

Você deve considerar que dentro de uma relação a dois, não existe a possibilidade de que a culpa seja de uma das partes apenas. Pode ser que você seja mais culpado que o outro, mas isso não retira a parcela de culpa do seu ex (ou da sua ex).

O que não significa que você deve martirizar o outro pela culpa que está sentindo, mas ao contrário. Você deve se perdoar em primeiro lugar, para que o outro também tenha capacidade de te perdoar. É um conselho que serve não só para o ramo dos relacionamentos amorosos, mas nos mais variados ramos da vida.

Além do mais, não adianta você se perdoar e continuar cometendo os mesmos erros na primeira oportunidade. Que aí nem sua ex, nem você mesmo vai ser capaz de acreditar na sua mudança. Culpa sem arrependimento de nada serve. E já sabemos que arrependimento é mudança de comportamento.

Se você se sentir culpado, a sua ex vai te ver como culpado

Entenda o porquê disso. Quando você se sente culpado e se comporta como tal, você assume características próprias e nada atraentes de alguém que carrega um sentimento de tristeza.

Você anda de cabeça baixa, não expõe sua opinião, não expõe suas vontades. Você se torna alguém que tenta agradar ainda mais, sem identidade própria, e tudo isso por conta da culpa. Mas não é por aí que as coisas funcionam. Você tem que se perdoar, pra entrar na reconquista de cabeça erguida.

Não existe nada mais atraente do que um homem ou uma mulher confiante em si mesmos. Essa é a pessoa que a sua ex (ou o seu ex) quer estar ao lado. Não de alguém que te provoca a sensação de pena, e que te faz lembrar de todos os erros do passado por conta da culpa.

Você quer se livrar da culpa de uma vez por todas?

Pare de pisar em ovos! Como resultado você estará se livrando da culpa para começar o processo de reconquista imediatamente. Senão vai correr o risco de dar passos para trás no momento em que deveria estar começando a restabelecer um contato amigável.

Se você acha que não consegue se livrar sozinho da culpa, eu te indico fazer um Coaching Personalizado comigo, com a Dyuly ou com mais alguém da nossa equipe. Somos treinados e experientes em desenvolvimento pessoal. Esse é o segredo de não voltar a estaca zero no momento que você retomar o contato com o seu amor.

Acredito que todos os seres humanos são passíveis de erros. Não somos perfeitos. Você não pode deixar a culpa arruinar a sua oportunidade de ser feliz com a pessoa que você ama. Não tem lógica, né?

Vou deixar aqui o link do nosso canal no YouTube. Onde diariamente postamos vídeos com dicas práticas e valiosíssimas pra sua reconstrução pessoal e para a reconquista. E eu adoraria saber um pouco mais da sua história! Quero saber se esse artigo te ajudou, se você já passou por isso e como superou a culpa. Conta pra gente nos comentários!

Compartilha esse vídeo com alguém que você conhece. Vamos levar informação para as pessoas que estão passando por esse problema! O mundo precisa de mais amor e nós fomos feitos pra viver o amor!

Um abração, e até a próxima!

Carolina Aguiar

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe

Compartilhe esse artigo com seus amigos